Para Refletir : As escolhas que fazemos !

27 Jun

Li esse texto e achei que seria muito legal compartilhar com vocÊs! Boa semana para todas as queridas Benditas !!!

As escolhas que fazemos!

A vida não nos oferece um manual de uso, não explícito, não conciso.

Ao longo de nossa vida fazemos escolhas, algumas certas e outras erradas, das escolhas certas, algumas vezes por sabedoria, outras por puro acaso. Quanto às erradas, com sabedoria tiramos proveito, aprendemos lições, saímos mais fortalecidos, mais sábios.

No início de nossas vidas, contamos com a sabedoria de nossos pais, porém, sempre precocemente deixamos de ouvi-los, e passamos a fazer as escolhas por nossa conta e risco.

Os estudos nos habilitam a errar menos, nos ensinam a avaliar as possibilidades, os riscos, as alternativas. Mas, não existem estudos para algumas escolhas que precisamos fazer.

A vida está sempre pronta para nos ensinar, contamos com o livre arbítrio, aprendemos por amor e também pela dor.

As escolhas que fazemos, as que erramos, para nós podem ter sido erradas, para outros, estas mesmas escolhas erradas, podem se mostrar como escolhas acertadas e vice-versa.

É certo que raramente podemos consertar nossos erros, quando podemos, temos dúvidas se devemos.

Existem escolhas, que em primeiro momento, se mostram acertadas, porém, tempos depois, nos mostram ser, não erradas, mas as menos indicadas.

Algumas de nossas escolhas, ainda que sabidamente, não sejam as melhores para nós, mas precisam ser as escolhidas, seguimos em frente então.

As consequências nem sempre guardam relação com as escolhas que fazemos. Algumas vezes, pequenas escolhas, nos trazem grandes transtornos, bem como, grandes escolhas, nos devolvem pequenos resultados.

Fazemos escolhas, que rapidamente nos trazem os resultados, esperados ou não, outras, levam tempos para se mostrarem como certas ou erradas.

Certo é, ninguém acerta o tempo todo, ninguém erra por querer. Todos nós acertamos, e todos nós erramos.

Pode ser que alguém diga, que com o tempo erramos menos, eu digo que erramos menos, mais por arriscarmos menos do que por acertarmos mais. O temor dos erros, invariavelmente nos leva a tentar menos. Será que é certo? Ou será que devemos tentar continuar a acertar, mesmo com o risco de errarmos mais.

Eu digo, devemos continuar a fazer escolhas, devemos temer os erros, mas isto não pode nos impedir de continuar a buscar os acertos. Alguém um dia se beneficiará positivamente de nossos erros, então, terá valido a pena!

Por: Carlos R. Gomes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: